Como proteger os dados da sua empresa?

 

keyboard message , 	lock

PMEs podem sofrer com a perda de dados e com a falsa premissa de que não há recursos disponíveis para quem é pequeno. No entanto, existem diversas ferramentas que podem facilitar a vida do empreendedor com segurança e agilidade.

1- Crie uma política de segurança

Pode parecer autoritarismo, mas é sempre bom ter regras claras sobre a utilização do material do escritório. E não só em relação à quantidade de impressões por colaborador, mas também sobre quais sites não são permitidos e quais softwares podem ser prejudiciais à empresa. É bom também incentivar a equipe a mudar periodicamente suas senhas e não espalhá-las por aí.

2- Sempre atualizados

Deixe sempre o firewall, antivírus e seu sistema operacional atualizados! A manutenção da segurança também depende de você, por isso, não se esqueça de minimizar os riscos com invasões ou vírus no seu computador.

3- Tenha um backup

Salvar é sempre bom, não é mesmo? Ainda mais quando se tratam de dados confidenciais e importantes como a parte contábil, fiscal e de registro dos funcionários. Lembre-se que dados cadastrais de clientes também são considerados confidenciais e não devem ser distribuídos como se fossem panfletos da sua empresa. Por isso, nada de se arriscar com bancos de dados corrompidos e comprados em feiras livres. Guarde tudo em um local seguro e tenha cópias em dois ou mais lugares diferentes para garantir o acesso a estes dados no futuro.

4- Tenha um servidor 

Além de ser uma ferramenta ideal para backup de dados, o servidor também possibilita gerenciar processos, recursos e dados para facilitar o seu dia a dia. A sua equipe também pode ficar tranquila, pois com o uso de um servidor, todas as tarefa importantes estarão seguras caso ocorra algum dano ao patrimônio como queda de energia, roubo ou defeito nas máquinas.

Em todos os casos, o uso de um servidor facilita bastante a vida e as operações da empresa, proporcionando maior segurança, produtividade e com custo infinitamente menor.

Fonte:  http://www.pensandogrande.com.br